Seguidores

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Lua e Sol



O Sol amanheceu feroz hoje
como se sempre estivesse aí
Com porte de Senhor ou Rei
Mas ele nao pode deixar
a Lua por mentirosa...
porque eu sou testemunha:


A noite existiu!

Mesmo que eu não durmisse...
ou até por isso
ou até por isso

Concha Rousia 


4 comentários:

  1. talvez a noite nunca deixe de existir, ainda que seja dia
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandrio, meu amigo poeta, obrigada por entender... Abraços

      Excluir
  2. O sol é um dominador...
    Só as nuvens são capazes de lhe fazer frente.
    E as tuas palavras.
    Que adorei.
    Beijos, querida amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhh que lindo isso, as nuvens e as minha palavras fazer frente ao sol, obrigada pela confiança na força de minha poesia, valeu muito este cometário meu amigo, muito.
      Abraço grande

      Excluir